Páginas

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Gilsadas

Além de ser muito elegante,
eu sou lindo por dentro e por
fora.
GILSON VARIEDADES


Agora feda

7 Fotos das Bundas mais Bonitas do Brasil


Toque

Resultado de imagem para frases pinterest 2019


Enganou a gata



Tema

Eunice Arruda

Deliberadamente
utilizamos
todas as zonas erógenas
submissos

aos animais
que transitavam a pele
submissos
a nossa disponibilidade
imerecida
sacudida
por buzinas
chuvas repentinas confundindo
as marcas de um caminho já
percorrido

Deliberadamente
entre suor e grunhido
molhado
o ritual foi cumprido

Só então nos devolvemos.

Chamou a atenção



quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Pedradas

Resultado de imagem para fotos de pedão da ilha no bar de ferreirinha
MEU SEGREDO PARA QUE
O ARROZ FIQUE NO PONTO
EXATO É DEIXA-LO SER FEITO
POR ALGUÉM QUE SAIBA.
PEDÃO DA ILHA

Pobre é foda



Dentadas

Resultado de imagem para FOTOS DE CACO DENTÃO
TEM UMAS PESSOAS QUE DÁ
VONTADE DE VOCÊ OLHAR BEM
DENTRO DOS OLHOS DELA E DIZER:
-VÁ SE FODER.
Caco Dentão


A vida é foda



Gilsadas

 SOU IGUAL A DINHEIRO, DIFÍCIL
DE TER,SORTE DE QUEM ACHAR
E AZAR DE QUEM PERDEU.
GILSON VARIEDADES



18 anos



quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Diarreias mentais - CLXIX


Um profissional competente

Era o casamento da sua amada filha. A primeira filha que se casava e ele caprichou na preparação das bodas. Pagou o melhor bufê, o melhor costureiro foi contratado para confeccionar a vestido da noiva, apurou-se em todos os detalhes e gastou os tubos, afinal era o casamento da filha querida e ele queria vê-la feliz.
Comprou o melhor e mais caro tecido e mandou fazer o seu terno por um alfaiate que ele julgava apto. Queria um terno bem talhado e moldado perfeitamente ao seu corpo. Afinal era o casamento da sua linda filha.
Com toda a azáfama dos preparativos do casamento e outras obrigações, deixou para receber o seu terno na última hora do dia da cerimônia. Como estava atrasado não quis provar a roupa, confiou cegamente no alfaiate.
E esta confiança foi a sua grande desdita.
Quando chegou em casa vestiu o terno e observou logo que, não se sabe como, uma manga do paletó e uma das pernas da calça estavam exageradamente curtas. Uma verdadeira tragédia, e agora? Angustiado, ligou para o celular do alfaiate e explicou o desacerto. O eficiente profissional ouviu a sua explicação e, calmamente, perguntou: 
– Os defeitos são ambos do mesmo lado?
Ele respondeu que sim. O alfaiate, dizendo que já estava num bar, onde já tinha tomado umas e outras, deu dali a sua solução para o grave problema:
– Vista o terno e aderne o corpo para o lado que está mais curto que, automaticamente, compensa a diferença.
Ele não gostou da ideia, mas era a única coisa a ser feita. Todo mundo sabe que a atração principal num casamento é a noiva. Todos querem vê-la bonita e trajando um rico vestido nupcial, entrando pela nave da igreja. E a igreja estava impecável e lindamente decorada e estava lotada de pessoas elegantemente trajadas.
O coral atacou aquela famosa e conhecida marcha nupcial. Todos ficaram de pé e unanimemente voltaram-se para ver a triunfal entrada da figura central do casamento: a noiva. E pela parte central da matriz vinha a noiva lindamente trajada, de braço dado com o seu pai totalmente deformado.
Lembram-se de Quasímodo, personagem de Notre-Dame de Paris (O Corcunda de Notre-Dame), que é também usado como sinônimo de indivíduo deformado, mostrengo? Mentalizem o quadro: uma formosa e elegante noiva, de braços dados com o pobre e infeliz Quasímodo.
O murmúrio na igreja foi geral. Foi uma comoção total. Todos e cada um dos convidados queriam opinar. Dentro daquela celeuma generalizada alguém, com muita convicção, comentou:
– Preciso anotar o endereço do alfaiate deste cara! O profissional que consegue fazer um terno para este aleijado deve ser muito competente!

Ciduca Barros é escritor e colaborador do Bar de Ferreirinha

Ritmos

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
A língua lambe as pétalas vermelhas
da rosa pluriaberta; a língua lavra
certo oculto botão, e vai tecendo
lépidas variações de leves ritmos.
E lambe, lambilonga, lambilenta,
a licorina gruta cabeluda,
e, quanto mais lambente, mais ativa,
atinge o céu do céu, entre gemidos…


Agora feda



Gilsadas


Homem solteiro, 50 aninhos, procura moça com estrutura financeira para sustentá-o. 
Sou eu mesmo, hehe! 
Gilson Variedades

Dívida

Resultado de imagem para capinaremos


Sonho

soldado iludido


Um pequeno erro de calculo

gif blog de humor



terça-feira, 15 de outubro de 2019

Bota e tira, bota e tira...

Uma loira vai ao Japão e compra um par de óculos cheio de tecnologia, que mostrava todas as pessoas peladas.
Ela coloca os óculos e começa a ver todos os homens pelados e se encanta.
Poe os óculos, pelados! 
Tira os óculos, vestidos! 
Que maravilha!
Voltou para casa, louca para mostrar a novidade para o maridão. 
No avião, se sente o máximo vendo os comissários pelados...
Quando chega em casa, já coloca os óculos para pegar o maridão nu.
Abre a porta e vê o maridão e a vizinha no sofá pelados. 
Tira o óculos, pelados! 
Põe os óculos, pelados!
Tira, pelados! 
Põe, pelados! 
E fica indignada: 
- Puta que pariu! Essa merda já quebrou!

Do Gilmar, do Janot e da Netflix

Ivar Hartmann

Como falar de assuntos tão díspares? É que podem se completar. Seguramente um dos homens mais odiados do Brasil é o ministro Gilmar Mendes, o inimigo público número um da Lava Jato e do Ministro Sergio Moro. Em condições normais, face ao que escreveu Rodrigo Janot em seu livro, dizendo que pretendia matá-lo, ele deveria ser perdoado e aplaudido como um ministro do STF que sobreviveu a sanha de um inimigo oculto e traiçoeiro. Seu inimigo, Janot, por outro lado, não está vendendo tanto de seu livro Nada menos que tudo, quanto imaginava. Pudera, dez dias antes do lançamento já circulava a edição completa pelas redes sociais. Eu mesmo recebi duas vezes e me encarreguei de reenviar o arquivo para vários amigos, que, seguramente, fizeram outro tanto. Se está na rede, para que comprar na livraria?
Agora entra a Netflix. Para provar que os pedidos de assinatura de moções para cassar Gilmar, Toffoli e outros, é instrumento atual e legal para os brasileiros descontentes se manifestar. O documentário Como mudar o mundo, da Netflix, conta a fundação do Greenpeace, o movimento protetor da natureza temido mundialmente pelas grandes empresas e governos. Que já ganhou batalhas contra testes nucleares, morte criminosa de baleias e focas. Jovens atuantes no mundo todo. Criado em Vancouver, Canadá, por meia dúzia de meio hippies, que saíram com um pequeno navio velho para impedir uma explosão nuclear americana no Alaska, no governo de Nixon. Esta ação tornou-se notícia mundial e despertou as consciências entre os jovens do mundo que pensaram e pensam: eu também posso. Vejam o filme e estejam certos: os pedidos de assinatura que chegam para vocês pelas redes sociais são forma poderosa de combater os inimigos do Brasil. 

ivar4hartmann@gmail.com

Confissão

Leila Míccolis

Dizem que o amor é cego,
não nego,
por isso te abro os olhos:
não tenho bens nem alqueires,
eu não sou flor que se cheire,
nem tão boa cozinheira,
(bem capaz que ainda me piches
por só comer sanduíches),
minha poesia é fuleira,
tenho idéias de jerico,
um cio meio impudico
como as cadelas e as gatas,
às vezes me torno chata
por me opor ao que comtemplo,
sei que sou péssimo exemplo,
por pouca coisa me grilo,
talvez por mim percas quilos,
eu não sei se valho a pena,
iguais a mim, há centenas,
desejo te ser sincera.
Mas no fundo o amor espera
que grudes qual carrapicho:
são tão grandes meu rabicho
e minha paixão por ti,
que não estão no gibi...
Ao te ver, viro pamonha,
sem ação, e sem vergonha
o meu ser inteiro goza.
Por isso, pra encurtar prosa,
do teu corpo, cada poro
eu adoro adoro adoro...

Amigo sacana

Ellen-Jenga-push-trolling


Besteira



Paquera



Agora feda



segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Poema Consentido

Silas Kano

A letra "M" é, 
Na verdade, 
A letra "V
Usando muletas,
Sem tretas.
Daí, a impressão 
De que é um "M"
Bem largadão,
Como um espirro
Entre o dedo e a Mão!