Páginas

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Aniversário

Resultado de imagem para humor idiota para gente inteligente


Pedradas

Resultado de imagem para foto de pedão da ilha no bar de ferreirinha
"EU NÃO GOSTO DE BEBER COM GENTE
ESTRANHA.O PROBLEMA É QUE ATÉ O
FIM DA FESTA EU JÁ VIREI AMIGO DE
TODO MUNDO."
PEDÃO DA ILHA


Bibicadas

 "O motivo de tantas pessoas
 idiotas no mundo é porque
pessoas inteligentes usam
camisinha."
Bibica Di Barreira


Preguiça

 "Preciso urgentemente
achar alguma forma de
ganhar dinheiro com a
 minha preguiça."
Gilson Variedades


Idiota

Imagem relacionada


Definição

Imagem relacionada


quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Sexo na velhice

O velhinho caminhava tranquilamente pela rua, quando passa em frente a um puteiro.
Uma das meninas grita:
- Oi, vovô! Por que o senhor não me experimenta?
O velhinho responde:
- Não, filha. Já não posso!
A menina insiste:
- Ânimo!!! Venha, vamos tentar!!!
O velhinho entra e funciona como um jovem de 21 anos: dá três sem tirar de dentro, e fica de arma em pé, pronto pra continuar.
- Puxa - diz a moça, revirando os olhinhos - e o senhor ainda diz que já não pode mais...
O velhinho responde:
- Aaaaaah, transar eu posso. O que não posso é pagar!

Explicação


Os sociólogos, como todos sabemos, vieram ao mundo para nos explicar por que as coisas são como são. 
Por isso, outro dia recorri a um deles para me dizer por que, num país tão farto em ladrões, um dos mais simpáticos e poéticos desaparecera: o ladrão de galinhas.
- A culpa foi da especulação imobiliária - ele me disse. 
- Com a substituição das casas pelos edifícios e o fim dos quintais, acabaram-se os galinheiros domésticos. E, sem eles, não pode haver ladrões de galinhas.
Gilson Variedades


Agora feda



Lei da Procura Indireta

"O modo mais rápido de encontrar
uma coisa é procurar outra.
Você sempre encontra aquilo
que não está procurando."

Cálculo

"É tanto filho da puta que 
já dá pra refazer os cálculos:
surgem mais filhos da puta
na classe política que no cabaré."





Pense numa fuleiragem

Resultado de imagem para cabeçada meme


Nepotismo

rebano-bovino


quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Cinquentão e +

Diarreias mentais - CXXXI


Reforma da Constituição Federal

Sempre que eu escuto os políticos falarem que a nossa Constituição Federal precisa de uma reforma, eu me lembro dessa velha e decantada história. 
Em 1924, os deputados constituintes estavam reunidos para, mais uma vez, reformar a nossa Constituição. 
Como sempre, a imprensa da época dava a maior ênfase ao evento, com uns contra outros e outros a favor e aquela celeuma que todos já conhecemos. 
Então, um concorrido jornal do Rio de Janeiro, decidiu visitar o velho João Capistrano Honório de Abreu (1853 – 1927), para saber a sua opinião e sugestões sobre a reforma da nossa Carta Magna. 
Largamente conhecido como Capistrano de Abreu, cearense radicado no Rio de Janeiro, ele já era um respeitado historiador, mas, com a idade, tornou-se um velho irascível.
Os repórteres foram encontrá-lo em sua casa, deitado numa velha rede, fumando e cuspindo numa lata. 
Sem se levantar da rede, ele falou:
– O Brasil está perdido e querem atribuir todos os males às leis!
E continuou:
– Eu proponho que se substituam todos os parágrafos da Constituição por apenas um.
E decretou:
– Parágrafo único. Todo brasileiro fica obrigado a ter vergonha na cara!
E cuspiu na lata.

Ciduca Barros é escritor e colaborador do Bar de Ferreirinha

Toque

"PARA CRIAR INIMIGOS NÃO
É NECESSÁRIO DECLARAR
GUERRA: BASTA DIZER O
QUE PENSA."

Igualdade

Noção De Tempo: Homens X Mulheres


Caráter


CARÁTER: POUCOS TÊM.
ALGUNS FINGEM TER.
E MUITOS ESQUECERAM
O QUE SIGNIFICA.
GILSON VARIEDADES

Amiga feia

Toda Menina Bonita Tem Uma Amiga Feia


A raposa


A raposa é um animal esperto isto é um animal que se faz de esperto mas não é tão esperto assim porque um animal tão esperto não ia ficar por aí dando a impressão a todo mundo que é um animal esperto quando todo mundo sabe que malandragem demais atrapalha e a raposa é esperta o bastante para saber que a imagem é tudo mais que aquilo que aparenta e que quanto mais a gente fizer com que as pessoas achem graça mais as raposas vão se divertir de todos aqueles que acham graça nas raposas que apenas tentam achar um modo de sobreviver a um mundo sem graça onde o lugar que cabe às raposas é mínimo porque outros animais muito mais ferozes se dedicam a tirar a pouca graça que resta à vida das raposas e outros animais bem-humorados como ela que passa a vida achando graça onde tantos acham apenas um saco viver num mundo onde tantos acham apenas um meios de sobreviver num mundo que é um saco dentro do qual cabem todas as coisas que deixam a raposa mais triste principalmente a falta de humor dos animais que caçam raposas que nada fizeram a não ser rir como hienas de todos os pedaços de um mundo que não merece mais do que uma risada coisa que a raposa toda raposa se que preza ensina a todas as raposas.
Paulo Leminski

Pergunta idiota

Porque Você Ainda Mora Com Seus Pais?


terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Pau pra toda obra

Certo dia, a mãe flagra o filho de 10 anos tomando um comprimido de viagra.
Ela diz:
- Menino danado, devolva este comprimido senão eu lhe dou umas palmadas!
E Joãozinho responde:
- Não, mãe: eu preciso tomar o viagra porque estou com diarreia!!!
- Mas viagra não é pra diarreia, fii duma égua!
- Lógico que é! Todos os dias eu vejo você dando este comprimido pro papai e dizendo: tome um pra ver se essa merda endurece...

A cidade e os pássaros

Ivar Hartmann

O homem saiu dos campos onde era pastor e depois agricultor e foi viver em cidades. Precisou se adaptar. Quando eu era pequeno morava no centro de Porto Alegre. Meu contato com a natureza era um pequeno pátio de muros altos com um abacateiro. Os pássaros eram tico-ticos. Não são um primor de beleza, não é mesmo? Um dia minha mãe me levou para férias na casa de uns sobrinhos dela, Lange e Auler, em Barro Preto, interior de Arvorezinha-RS. Um deles, Theobaldo, tinha um viveiro de pássaros no pátio. Viveiro! Sabem lá o que é isso? Eu pequeninho olhando aquele mundão de aves cantando. Coloridas, voando em todas as direções em um enorme aviário. Na hora de alimentar os pássaros ele me deixava entrar junto, cuidando para não pisar nos pequeninhos. Que felicidade da criança. Imaginem,  ainda lembro tantos anos depois. Há dias um amigo me convidou para conhecer o criatório dele de periquitos australianos, aqui perto de onde moro. Ele não sabe mais quantos tem. Mais de quatrocentos. Ocupam um pequeno armazém e dentro o enorme viveiro.
Ele largava a comida no chão perto de nós e os passarinhos vinham para comer, subiam nos calçados, voavam para nossos ombros em uma algaravia maravilhosa. De novo. Tantas cores, tantos voos rasantes. São bichinhos selvagens, mas um deles, branquinho insistia em bicar o pescoço de meu amigo. “Hã - disse ele - este é acostumado a fazer isso. Esta meia hora aqui, todo dia, depois do trabalho é meu melhor remédio para o stress!” Quem duvida? Na minha casa, sustentados por bananas e mamões, sabiás, saíras e bem-te-vis voam pela sacada enquanto se toma mate. Do outro lado da casa, há um bebedouro de beija flor. Quem mais dá prejuízo, bebendo da água adocicada com açúcar cristal, são as Cambacicas ou cebinhos. São vorazes. Volta e meia, periquitos e tucanos andam pelo bairro que é bem arborizado, aproveitando o mato de um morro próximo. Para alegria dos citadinos, os pássaros também migraram.

ivar4hartmann@gmail.com

Amiga das artes

MARCOS PRADO
A mentira é a melhor é a melhor amiga das artes
nela, gelatinosa, as glosas seculares
minúcias de paisagens inexistentes
um coração onde cabe um milhão diferentes
dondoca de agora, amanhã de coturno
segue sempre os passos de um antigo perjuro
a arte imita a arte que imita tudo
e é profunda, é verdade, bem no fundo
mas somos piores que os pintores de florença
ridículos comparados aos poetas de provença
michelângelo cagaria em cima de nossas estátuas
bethoven se limparia com as nossas pautas
que é a nossa dança diante de um delírio índio?
que é um soco nosso perto de um clay vindo?
por que, se finda é a arte, continuar mentindo?
repetir o que se repetiu de novo se repetindo?

Paraíso

Primeiro Planeta Habitável



Toque

mal-humorado


Cliente